Domingo, 15 de Agosto de 2010

AGULHETADAS (118)

Afirmações clássicas. Há sempre alguma discussão à volta de algumas afirmações que a seguir se reproduzem. Há quem lhes chame VERDADES. Cá para mim são evidências (1)

 - Para evitar filhos, faça amor com a cunhada. Só nascem sobrinhos...
- Todos os cogumelos são comestíveis. Alguns só uma vez...
- Seja bom com os seus filhos. São eles que vão escolher o seu asilo.
- Nasci careca, nu e sem dentes. O que vier , é lucro!

publicado por portovoluntario às 17:47
link | comentar | favorito
Sábado, 14 de Agosto de 2010

AGULHETADAS (118)

Quanto toca a mentir, nunca os mentirosos têm a noção do tamanho das mentiras que vão aumentando á medida que ficam dependentes dessas mesmas mentiras. Todos os dias contactamos com mentirosos compulsivos. O cambalhotas só quer jornais grátis na casa de banho própria. Temos de os gramar. Não há, que eu conheça, antídoto para esta praga. Vejamos alguns exemplos: (8 fim)

 

VAGABUNDO: - Há 10 anos que procuro trabalho e não encontro

 

BARBEIRO: - Tem o cabelo muito crescido.

 

TESOUREIRO: - Não há dinheiro

 

PRESIDENTE: - Quem quiser que tome conta disto

 

CONFRADES: - Para nós os finais de mês não contam

publicado por portovoluntario às 17:29
link | comentar | favorito
Sexta-feira, 13 de Agosto de 2010

AGULHETADAS (117)

Quanto toca a mentir, nunca os mentirosos têm a noção do tamanho das mentiras que vão aumentando á medida que ficam dependentes dessas mesmas mentiras. Todos os dias contactamos com mentirosos compulsivos. O cambalhotas farta-se de dizer que tem convites de trabalho noutras associações. Temos de os gramar. Não há, que eu conheça, antídoto para esta praga. Vejamos alguns exemplos: (7)

 

POBRE: - Se eu fosse milionário distribuiria dinheiro pelos pobres...

 

RECÉM-CASADO: - Até que a morte nos separe.

 

SAPATEIRO: - Depois alarga no pé.

 

SOGRA: -  Em discussão de marido e mulher não me meto.

 

MANDADO: - Não gosto nada der andar aos recados.

publicado por portovoluntario às 17:51
link | comentar | favorito

PASSA O TEMPO MAS CONTINUAS PRESENTE

Há quatro anos atrás muito se falou na altura em que nos deixaste. Todos prometeram e lembras-te amigo, ninguém cumpriu. Muito poucos, contam-se pelos dedos de uma mão, continuam a visitar-te e a lembrar-te. Os que mais choraram lágrimas de crocodilo, passados estes anos desapareceram. Eles dizem que não te esquecem, mas sabes também ou melhor que eu, que é mentira. Como acredito que um dia nos havemos de encontrar, deixo para aqueles que seguem este blog uma criação de um homem genial chamado António Gedeão. Já foi lida nos quatro cantos do Mundo, cantada nos outros quatro, não passa de moda. É actual. É uma luz de esperança.

 

PEDRA FILOSOFAL

 

Eles não sabem que o sonho

é uma constante da vida

tão concreta e definida

como outra coisa qualquer,

como esta pedra cinzenta

em que me sento e descanso,

como este ribeiro manso

em serenos sobressaltos,

como estes pinheiros altos

que em verde e oiro se agitam,

como estas aves que gritam

em bebedeiras de azul.

eles não sabem que o sonho

é vinho, é espuma, é fermento,

bichinho álacre e sedento,

de focinho pontiagudo,

que fossa através de tudo

num perpétuo movimento.

Eles não sabem que o sonho

é tela, é cor, é pincel,

base, fuste, capitel,

arco em ogiva, vitral,

pináculo de catedral,

contraponto, sinfonia,

máscara grega, magia,

que é retorta de alquimista,

mapa do mundo distante,

rosa-dos-ventos, Infante,

caravela quinhentista,

que é cabo da Boa Esperança,

ouro, canela, marfim,

florete de espadachim,

bastidor, passo de dança,

Colombina e Arlequim,

passarola voadora,

pára-raios, locomotiva,

barco de proa festiva,

alto-forno, geradora,

cisão do átomo, radar,

ultra-som, televisão,

desembarque em foguetão

na superfície lunar.

Eles não sabem, nem sonham,

que o sonho comanda a vida,

que sempre que um homem sonha

o mundo pula e avança

como bola colorida

entre as mãos de uma criança.

publicado por portovoluntario às 09:29
link | comentar | ver comentários (1) | favorito
Quinta-feira, 12 de Agosto de 2010

AGULHETADAS (116)

Quanto toca a mentir, nunca os mentirosos têm a noção do tamanho das mentiras que vão aumentando á medida que ficam dependentes dessas mesmas mentiras. Todos os dias contactamos com mentirosos compulsivos. O cambalhotas farta-se de dizer que é tudo transparente na sua relação com o pessoal. Temos de os gramar. Não há, que eu conheça, antídoto para esta praga. Vejamos alguns exemplos: (6)

 

NAMORADA: -  Para dizer a verdade, nem beijar eu sei

 

NAMORADO: - Tu realmente foste a única mulher que eu amei na vida.

 

NOIVO: - Casaremos o mais breve possível!

 

ORADOR: Apenas duas palavras

 

MANDANTE: Comigo ninguém é atraiçoado

publicado por portovoluntario às 17:49
link | comentar | favorito
Quarta-feira, 11 de Agosto de 2010

AGULHETADAS (115)

Quanto toca a mentir, nunca os mentirosos têm a noção do tamanho das mentiras que vão aumentando á medida que ficam dependentes dessas mesmas mentiras. Todos os dias contactamos com mentirosos compulsivos. O cambalhotas farta-se de dizer que o mandado e auxiliar tem futuro. Temos de os gramar. Não há, que eu conheça, antídoto para esta praga. Vejamos alguns exemplos: (5)

 

 

TREINADOR DE FUTEBOL: - O árbitro favoreceu o nosso adversário

 

LADRÃO: - Isto aqui foi um homem que me deu.

 

MECÂNICO: - É barato o arranjo, é do carburador

 

TV SHOP: - Se não gostar devolvemos o seu dinheiro.

 

OFERECIDO: - Quero iniciar a história milagreira sem interesse pessoal

publicado por portovoluntario às 17:26
link | comentar | favorito
Terça-feira, 10 de Agosto de 2010

AGULHETADAS (114)

Quanto toca a mentir, nunca os mentirosos têm a noção do tamanho das mentiras que vão aumentando á medida que ficam dependentes dessas mesmas mentiras. Todos os dias contactamos com mentirosos compulsivos. O cambalhotas farta-se de dizer que se fossem todos como ele não devíamos a ninguém. Temos de os gramar. Não há, que eu conheça, antídoto para esta praga. Vejamos alguns exemplos: (4)

 

FILHA DE 17 ANOS: - Dormi na casa de uma amiga/colega.

 

FILHO DE 18 ANOS: - Antes das 11 da noite estarei em casa.

 

GERENTE DE BANCO: - Trabalhamos com as taxas mais baixas do mercado

 

INIMIGO DO MORTO: - Era um bom homem, que a terra lhe seja leve.

 

TELEFONISTA: - Não temos pessoal (serviço de maca)

publicado por portovoluntario às 17:53
link | comentar | favorito
Segunda-feira, 9 de Agosto de 2010

AGULHETADAS (113)

Quanto toca a mentir, nunca os mentirosos têm a noção do tamanho das mentiras que vão aumentando á medida que ficam dependentes dessas mesmas mentiras. Todos os dias contactamos com mentirosos compulsivos. O cambalhotas farta-se de dizer que ele sabe, é competente. Temos de os gramar. Não há, que eu conheça, antídoto para esta praga. Vejamos alguns exemplos: (3)

 

DENTISTA: -  Não vai doer nada.

 

DESILUDIDA: -  Não quero mais saber de homens.

 

DEVEDOR:  Amanhã, sem falta, eu pago tudo!

 

CANALIZADOR: -  É muita a pressão que vem da rua e depois dá nisto.

 

CONFRADES: - Isto não é nosso, não fazemos o que queremos

publicado por portovoluntario às 17:34
link | comentar | favorito
Domingo, 8 de Agosto de 2010

AGULHETADAS (112)

Quanto toca a mentir, nunca os mentirosos têm a noção do tamanho das mentiras que vão aumentando á medida que ficam dependentes dessas mesmas mentiras. Todos os dias contactamos com mentirosos compulsivos. O cambalhotas farta-se de dizer que com ele o sucesso é garantido. Temos de os gramar. Não há, que eu conheça, antídoto para esta praga. Vejamos alguns exemplos: (2)

 

BÊBADO: - Não bebi quase nada, sei perfeitamente o que estou a dizer.

 

CASAL SEM FILHOS:  Visitem-nos sempre, adoramos as vossas crianças.

 

VENDEDOR DE IMÓVEIS: -  Em seis meses ligam a água, gás, luz e telefone.

 

POLÍCIA: - Tomaremos providências.

 

CONFRARIA: - Nós é que somos os verdadeiros voluntários

publicado por portovoluntario às 17:45
link | comentar | favorito
Sábado, 7 de Agosto de 2010

AGULHETADAS (111)

Quanto toca a mentir, nunca os mentirosos têm a noção do tamanho das mentiras que vão aumentando á medida que ficam dependentes dessas mesmas mentiras. Todos os dias contactamos com mentirosos compulsivos. O cambalhotas farta-se de dizer que trabalha muito. Temos de os gramar. Não há, que eu conheça, antídoto para esta praga. Vejamos alguns exemplos: (1)

 

Mentira de um  ADVOGADO : - Este processo é rápido

 

FEIRANTE : - Qualquer problema, volte aqui que nós trocamos

 

PREGUIÇOSO: - Só demoro 5 minutinhos. Já me levanto a correr

 

ANIVERSARIANTE: - Presentes? A vossa presença é mais importante.

 

CONFRADE: - Estou sempre disponível para servir desinteressadamente.

publicado por portovoluntario às 17:26
link | comentar | favorito

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Fevereiro 2020

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
10
11
12
13
14
15

16
17
18
20
22

23
24
25
26
27
28
29


.posts recentes

. MARGEM DE CÁ

. UM ANO MAIS

. CAPELINHAS

. MADONNA

. PIOR DO MESMO

. IGUAL, SÓ EM SONHOS

. PILI

. FELIZ NATAL

. PODIAM FAZER IGUAL

. SÓ ACONTECE AOS OUTROS - ...

.arquivos

. Fevereiro 2020

. Junho 2019

. Fevereiro 2019

. Dezembro 2018

. Março 2017

. Fevereiro 2017

. Agosto 2016

. Fevereiro 2016

. Agosto 2015

. Fevereiro 2015

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

.tags

. todas as tags

blogs SAPO

.subscrever feeds