Sexta-feira, 25 de Junho de 2010

AGULHETADAS (81)

Nas novas aquisições ninguém perguntou a ninguém se não tinha passado pouco claro. Aos poucos vamos descobrindo e os exemplos não são de seguir. Não podíamos pedir mais, as exigências ficam à imagem de quem os aceita e acolhe. Aos poucos vamos sabendo coisas e mais coisas. Todas dignificantes dizem, é por isso do local donde vieram, depois deste tempo todo ainda há quem chore sem parar quando vieram embora…mentira. Há ainda quem já cumprisse promessas tanta era a vontade de os ter lá.

Esta foi contada por um confrade, passada com um amigo destes que tudo fazem para agradar…

No meio de um julgamento pergunta o Juiz: - O senhor chegou em casa mais cedo e encontrou a sua mulher na cama com outro homem, correcto?  - Correcto, meritíssimo diz o réu de cabeça baixa. 

Continua o juiz:  - Então o senhor pegou na faca e cortou a sua mulher, matando-a logo ali, correcto? 
- Correcto, senhor doutor! - repete o réu. 
- E por que o senhor cortou a sua mulher, matando-a e não o amante dela? 
O réu responde: Senhor Juiz...Eu sou um homem de bem, ganho a minha vida a fazer que faço e pareceu-me mais sensato matar uma mulher uma única vez, do que um homem diferente todos os dias. 
Foi absolvido na hora......ainda estou a ouvi-lo falar de sensatez…no entanto não deixa de ser corno. São escolhas. Temos que levar com eles. 

publicado por portovoluntario às 17:41
link | comentar | favorito

O que é gelo seco?

O gelo seco é a forma sólida do gás carbónico derivado de outras substâncias. Para produzi-lo, é preciso primeiro comprimir o gás em tanques e resfriá-lo até 20 graus negativos para liquefazê-lo. Depois disso, toda a pressão é eliminada bruscamente e ele expande-se. O gás que fica no tanque absorve calor e o líquido solidifica-se a uma temperatura de 78,5 graus negativos. Em contacto com o ar, a substância desprende-se em vapores.

Isto de ter formação em dias complicados é o que dá. Ando com este apontamento há cerca de uma semana, após conversa de surdos com o oferecido. O indivíduo pensa mesmo que sabe, e o pior é que há colegas que vão na letra e acreditam e não procuram saber de outras formas. Parece que vai haver mais processos disciplinares, porque não se faz o que aconteceu na noite de S. João. Há colegas que são venenosas e se deixam levar pelos interessados nas posturas e depois acabam a chorar. Insultos e mais insultos e até o mandante faz que não ouve. Já não havia respeito, mas vai-se generalizando e depois é cada um por si. Mais trabalho para não ser feito para o oferecido que justifica a procura incessantemente uma pia para fazer umas horas mais.

publicado por portovoluntario às 09:52
link | comentar | favorito
Quinta-feira, 24 de Junho de 2010

AGULHETADAS (80)

Fazê-lo parado fortalece a coluna,
de barriga para baixo estimula a circulação do sangue,
de barriga para cima é mais agradável,
fazê-lo sozinho é enriquecedor, mas egoísta,
em grupo pode ser divertido,
no w.c. é muito digestivo,
no automóvel pode ser perigoso...
Fazê-lo com frequência
desenvolve a imaginação,
a dois, enriquece o conhecimento,
de joelhos, torna-se doloroso...
Enfim, sobre a mesa ou sobre a secretária,
antes de comer ou à sobremesa,
sobre a  cama ou numa rede,
despidos  ou vestidos,
na relva ou sobre o tapete,
com música ou em silêncio,
entre lençóis ou no roupeiro:
Fazê-lo é sempre um acto de amor e de enriquecimento.
Não importa a idade, nem a raça, nem o credo, nem o sexo, nem a posição económica....o que importa é que ler é um prazer….estavam a pensar o quê?

Atenção, não falei no sofá, salinhas em horas mais ou menos mortas…porque ai, todos sabemos não é de leituras mas de cenas que me recuso a divulgar por aqui. Vergonhosas? Depende do ponto de vista! As comadres quando se zangarem vão dar à língua. Vai dar barulho, lá isso vai, mas ninguém se importa. Hoje esperei que os abraçados se casassem por ser S. João, como acontece em Lisboa no Santo António. Não aconteceu. Dizem quem são diferentes. Não é desta que os bombeiros entram para a história. Já há quem pressione.

publicado por portovoluntario às 17:41
link | comentar | favorito

O que é um curso MBA?

A sigla MBA vem das iniciais do nome inglês Master in Business Administration e, embora nunca seja passada para o Português, poderia ser traduzida como Mestrado Executivo em Administração de Empresas.

Diversas universidades no nosso país e no exterior, oferecem esse tipo de curso. Por ter carácter bastante prático, ele é voltado principalmente para executivos, enquanto a maioria dos mestrados é direccionada para o meio académico, porém, nem todos os MBAs equivalem a um mestrado. Alguns deles são mais curtos e correspondem apenas a uma pós-graduação.

Entre nós MBA seria assim parecido com morcões bastante activos na defesa da pia. Como é possível alguém, de um momento para o outro na terra dele não valer nada e querer ser o maior vendedor do que não sabe na terra de outros, com o beneplácito dos dependentes da teta. Só nos Bvporto. Nem o S. João nos vale. Já se fala numa mama ainda maior e não é da bela.

publicado por portovoluntario às 09:12
link | comentar | favorito
Quarta-feira, 23 de Junho de 2010

AGULHETADAS (79)

É importante saberem destas coisas. Não se admite haver limitações para umas bojecas, porque, depois deste estudo que vos trajo, já podemos beber até na esplanada, não havendo movimento de pessoal nas ruas porque parece mal. Como o vinho está caro e só alguns bebem, venha então cerveja. Já era tempo que fosse publicado um estudo sério e que fossem desmistificando algumas crenças infundadas!

1. A CERVEJA MATA?
Pode. Há uns anos, um rapaz, ao passar na rua, foi atingido por uma
caixa de cerveja que caiu de um camião tendo morte instantânea.
Além disso, casos de enfarte do miocárdio em idosos teriam sido
associados a publicidade a cervejas com modelos de belas mulheres...
2. O USO CONTINUADO DO ÁLCOOL PODE LEVAR AO USO DE DROGAS MAIS PESADAS?
Não. O álcool é a mais pesada das drogas: uma garrafa de cerveja pesa
cerca de 900 gramas.
3. A CERVEJA CAUSA DEPENDÊNCIA PSICOLÓGICA?
Não. 89,7% dos psicólogos e psicanalistas entrevistados preferem whisky.
4. MULHERES GRÁVIDAS PODEM BEBER SEM RISCO?
Sim. Está provado que nas operações STOP a polícia nunca faz o teste
do balão às grávidas. E se elas tiverem que fazer o teste de andar em
linha recta, podem sempre atribuir o desequilíbrio ao peso da barriga.
5. A CERVEJA PODE DIMINUIR OS REFLEXOS DOS MOTORISTAS?
Não. Foi feita uma experiência com mais de 500 condutores: foi dada
uma caixa de cerveja para cada um beber e, em seguida, foram colocados
um por um diante do espelho. Em nenhum dos casos os reflexos foram
alterados.
6. A BEBIDA ENVELHECE?
Sim. A bebida envelhece muito depressa. Para se ter uma ideia, se se
deixar uma garrafa ou lata de cerveja aberta, ela perderá o seu sabor
em, aproximadamente, quinze minutos.
7. A CERVEJA CONDICIONA NEGATIVAMENTE O RENDIMENTO ESCOLAR?
Não, pelo contrário. Algumas universidades estão a aumentar os lucros com a venda de cerveja nas cantinas e bares.
8. O QUE FAZ COM QUE A BEBIDA CHEGUE AOS ADOLESCENTES?
Inúmeras pesquisas têm vindo a ser feitas por laboratórios de renome e
todas indicam, em primeiríssimo lugar, o empregado de mesa.
9. A CERVEJA ENGORDA?
Não. Só os confrades engordam.
10. A CERVEJA CAUSA PERDA DE MEMÓRIA?
Que eu me lembre, não.

Logo só não bebe quem não quer…No S. João só se olha pró balão.

publicado por portovoluntario às 17:38
link | comentar | favorito

O que é o cocktail molotov?

É uma bomba de fabricação caseira. O nome foi dado pelos russos durante a Segunda Guerra Mundial. Na época, os soviéticos tentavam expulsar o exército alemão dos territórios ocupados lutando com armamentos domésticos. Como era de fácil fabrico, deram o nome á bomba em homenagearam ao presidente do Conselho de Ministros da URSS Molotov.

As nossas bombas estão enferrujadas e não há bênçãos. As últimas vieram donde vieram. Em conversa com uma colega de gaia, lá não é permitido aos carros de primeira intervenção não transportarem água. Aqui no porto é diferente. O residente diz que é de propósito para não lavarmos pavimentos. Eu acredito nele. Não vou passar à porta do quartel esta noite. Vou ter um bom S. João, como desejo para todos. Se poderem não façam corpo presente, deixem o oferecido e acólitos alinharem pela primeira vez.

publicado por portovoluntario às 09:17
link | comentar | favorito
Terça-feira, 22 de Junho de 2010

AGULHETADAS (78)

As nossas amigas inseparáveis andam, faz tempo, a tirar a carta para conduzir ambulâncias. Gostam muito de velocidades e alguém lhes disse que tirando a carta, elas poderiam conduzir muito, tanto, tanto quanto quisessem.

Andavam entusiasmadas. Uma sempre mais à frente que outra, mas em escolas separadas.

Numa das noites pouco movimentadas e onde as conversas são menos interessantes na salinha, as duas ficam à vontade, sem ninguém por perto:

Pergunta uma delas: então,  já conseguiste a carta de condução?  

Responde a outra: não, chumbei.

- Como é que foi isso?"

- Ora cheguei a uma rotunda onde tava um sinal a dizer 30!

 E então?

 - Dei 30 voltas à rotunda!

 E depois?

- Chumbei!

Chumbaste, como assim,  és parva mesmo, não me digas que contaste mal?

publicado por portovoluntario às 17:34
link | comentar | favorito

Como surgiu o travesseiro?

No século XII, as orientais colocavam uma espécie de tijolo sob a cabeça quando se deitavam. Esta prática era adoptada por todos para não desmanchar o penteado, principalmente das mulheres. Ao longo dos anos, o travesseiro evoluiu até se tornar como nos dias de hoje, macio e confortável.

Há quem não goste de travesseiros. Não conseguem dormir e prefiram apoios de outros géneros, principalmente fora de casa. E quando toca a receber conselhos? Ui Ui, por antecipação já sabemos como vai acabar. Em nada…quem disse? Aceitam-se apostas que revertem para subsídios de férias a faltarem. O que estava a fazer a nossa viatura, ontem ás nove da noite em Gaia, junto ao Arrábida? Serviço? Claro que não. Inventem, continuem a mentir que todos acreditamos.

publicado por portovoluntario às 09:37
link | comentar | ver comentários (1) | favorito
Segunda-feira, 21 de Junho de 2010

AGULHETADAS (77)

Após um intuitivo e delicioso 69 com sua amiga colorida, o mandado lembra-se que tem uma consulta no dentista naquela tarde.
Terminado o acto, o faz recados teme que o dentista note seu bafo de rata e escova os dentes n vezes, passa, o que não é habitual o fio dental e bebe, seguramente meio litro Listerine. Quando chega ao consultório coloca uns dez rebuçados de HALLS menta e é atendido pelo dentista que o orienta a sentar-se na cadeira. Posicionado e com a boca aberta, o mandado tem sempre muito medo para ir ao dentista, mas desta vez fica tranquilo e deixa o profissional fazer o seu trabalho.
O dentista aproxima-se da boca do faz e cala-te e afirma categórico:
- Porra  amigo, como é que você faz um 69 antes de vir ao dentista? Não tem juízo. Que cheirete. Isso não se faz.

 - Estou com hálito de xana senhor doutor?
- Não, a sua testa é que está com cheiro de cú!


O mandado com o excesso de preocupação com o óbvio esquece-se dos detalhes!

publicado por portovoluntario às 17:47
link | comentar | favorito

Como surgiu o armário?

De acordo com os manuais iniciais de decoração, antigamente as pessoas guardavam as roupas em baús e caixotes, sempre na horizontal. Apenas por volta dos séculos IX e X começaram a aparecer os primeiros armários verticais que tinham este formato pois eram feitos para guardar espingardas – daí o nome armário, derivado de arma. Nos primórdios as peças eram sempre de madeira, material abundante e relativamente fácil de manusear.

Porque é que alguns elementos apesar de não fazerem serviços ainda vão aos seus armários, sempre que querem e quando querem. Seria mais difícil se os mesmos fossem na horizontal, teriam de inclinar-se e ai que dor nas costas. Podia-se instituir andarmos fardados com as roupas das empresas tal como o oferecido. Conseguimos poupar uns guitos e assim contribuir com mais areia para o quartel. Agora com o calor, nas feiras de Custóias, Espinho, Cerco ou Carvalhos compram-se calções baratos. Roupinhas leves são muitos importantes porque assim poupa-se em água também. Se muitos não tomam banho para não gastar água nem gás, mais uns cêntimos não fazem mal nenhum.

publicado por portovoluntario às 09:39
link | comentar | favorito

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Fevereiro 2020

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
10
11
12
13
14
15

16
17
18
20
22

23
24
25
26
27
28
29


.posts recentes

. MARGEM DE CÁ

. UM ANO MAIS

. CAPELINHAS

. MADONNA

. PIOR DO MESMO

. IGUAL, SÓ EM SONHOS

. PILI

. FELIZ NATAL

. PODIAM FAZER IGUAL

. SÓ ACONTECE AOS OUTROS - ...

.arquivos

. Fevereiro 2020

. Junho 2019

. Fevereiro 2019

. Dezembro 2018

. Março 2017

. Fevereiro 2017

. Agosto 2016

. Fevereiro 2016

. Agosto 2015

. Fevereiro 2015

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

.tags

. todas as tags

blogs SAPO

.subscrever feeds