Domingo, 31 de Janeiro de 2010

Por que as pessoas rezam ajoelhadas e com as mãos unidas?

Na época das conquistas romanas, os derrotados nas lutas corriam em direcção aos vitoriosos, ajoelhavam-se e estendiam as mãos pedindo para serem acorrentados. Essa atitude de súplica difundiu-se na Era Cristã. Cristo era tido como o conquistador divino de todos os povos e os fiéis repetiam a atitude de humildade dos vencidos na hora de rezar.

Não é por acaso que há elementos entre nós que suplicam tudo para serem notados. São nada mais nada menos que os mais notados na Confraria. O mandante ordena, o mandado obedece e faz constar e o noddy é o boss. Daqui por uns tempos vai aparecer o oferecido a ser mais uma vítima.
publicado por portovoluntario às 09:51
link do post | comentar | favorito
Sábado, 30 de Janeiro de 2010

Por que as pessoas acendem velas para rezar e para os mortos?

De acordo com a teóloga Virgínia Motta, a luz é um símbolo marcante em praticamente todas as religiões e sempre foi ligada à divindade. Acender velas é uma maneira de chegar mais perto do divino. “Segundo a Sagrada Escritura, antes da Criação do mundo tudo era uma grande confusão, o caos, a desordem. Até que Deus mandou que se fizesse a luz (Gn 1, 1-3). Daí em diante, passagens bíblicas atestam: ‘O Senhor é a minha luz’, ou ainda, ‘Cristo é a luz do mundo’”, explica a teóloga. Vale lembrar que os primeiros cristãos chamavam o baptismo de “iluminação”, por ser quando o baptizando recebia a luz de Cristo. Para o cristão é preciso caminhar como filho da luz, pois quem nasceu da luz é luz. Como os santos são pessoas que viveram em plenitude esse “compromisso iluminado”, acender velas para eles é uma forma do crente alcançar o caminho da luz. As velas são usadas no altar desde o século XI, até então elas eram colocadas à

frente, dos lados, ou atrás dele. Quanto aos mortos, era costume colocar uma vela benta em suas mãos. Ela deveria ser acesa no momento em que o sacerdote desse início ao rito de encomendação da alma, para que os novos caminhos do falecido fossem iluminados pela luz emanada por Cristo Salvador.
Entre nós há quem acenda velinhas de cheiro para fazer ambiente, porque o cheiro a suor é tanto que mesmo para passar um bocado no sofá, estar com aquele cheiro é dose ou será cheiro a cadáver. Abençoadas velas. Vou sair para ir à Vandoma com o meu avô.
publicado por portovoluntario às 09:56
link do post | comentar | favorito
Sexta-feira, 29 de Janeiro de 2010

O que é Pentecostes?

Pentecostes vem da palavra grega pentekosté e significa quinquagésimo. A Festa de Pentecostes acontece sete semanas depois da Páscoa - mais exactamente, 50 dias - e dura um dia. Inicialmente, na "Festa da Colheita", como era conhecida, os judeus ofereciam a melhor parte de suas colheitas a Javé. Depois, passaram a comemorar Pentecostes como a "Festa da Aliança" entre Deus e seu povo. No caminho dos

judeus à Terra Prometida, no monte Sinai, o líder Moisés recebeu de Deus as tábuas com os 10 mandamentos. Para os cristãos, essa festa simboliza a descida do Espírito Santo para falar aos apóstolos, a fim de que eles divulgassem as mensagens a todas as pessoas. Foi nesse momento que a Igreja começou a sua missão de evangelização no mundo. Assim, a Festa de Pentecostes celebra o nascimento da Igreja Católica.
Ainda vai aparecer uma festa, género funeral para assinalar a nossa contínua descida aos infernos da credibilidade no meio bombeiral. Quem olha para o interior do quartel vê tudo limpinho, mas as verdadeiras nódoas, autênticas manchas intemporais, andam a deambulam sem fazer nenhum.
publicado por portovoluntario às 09:52
link do post | comentar | favorito
Quinta-feira, 28 de Janeiro de 2010

Existe diferença entre padre e frade?

De acordo com Dom Paulo de Souza, do Mosteiro São Geraldo, não existe diferença nenhuma entre padres e frades: “O termo frade é simplesmente uma nomenclatura típica de algumas congregações religiosas – como a dos franciscanos e dominicanos”, explica o religioso. De acordo Dom Paulo, actualmente, no lugar de frade tem-se utilizado muitas vezes o termo frei. Da mesma forma, ele lembra que na sua congregação, a beneditina, coloca-se a palavra dom antes dos nomes dos padres. Quanto aos membros da Diocese, que não pertencem a nenhuma congregação, mas à porção da igreja governada pelo bispo, são chamados apenas de padres.

Ora bolas, está explicado porque mandado é a mesma coisa que criado, marçano, estafeta e o contrário de mandante, que significa preguiçoso, incompetente, nojento, a acreditar na bela que agora não perdoa nada. De facto não existe grandes diferenças, estão ambos numa boa, pudera também fizeram por isso.
publicado por portovoluntario às 09:54
link do post | comentar | favorito
Quarta-feira, 27 de Janeiro de 2010

Do que é feita a hóstia, quanto pesa e qual seu prazo de validade?

Segundo o padre Dom Gabriel Iroffy, do Mosteiro São Geraldo de São Paulo, a hóstia é feita apenas com água e farinha de trigo - "seria como um pão sem sal nem fermentos", detalha. Elas pesam aproximadamente 0,2 grama (um pacote com mil hóstias tem 200 g) e podem ser consumidas até três meses depois da produção.

Temos azar. Entre nós há indivíduos meios hóstia que pesam à vista muito mais e estão a durar que se fartam, principalmente pelo que incitam e nada lhes acontece. Se alinhar nas hóstias dá esperança, está explicado, é por isso que o noddy farta-se, também de bater no peito. Para mim aumentaram o prazo de validade. Não deviam.
publicado por portovoluntario às 09:48
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
Terça-feira, 26 de Janeiro de 2010

Como surgiu o nome Alá?

O termo Alá, designação de Deus entre os muçulmanos, vem do árabe al-Ilah. A palavra é a junção do artigo al (o) com ilah (que significa deus, divindade). Ilah, por sua vez, vem do radical alaha (adorar). A origem deste pode ser traçada a partir de escritos semitas anteriores, nos quais a palavra para Deus era Il ou El.

Entre nós há nomes que não lembram ao diabo mas temos o que merecemos. E esta dos serviços ao fim de semana com o mandado a fazer pela vida para passear a família. Baldou-se para não alinhar na sessão contínua de esclarecimento.
publicado por portovoluntario às 09:51
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
Segunda-feira, 25 de Janeiro de 2010

Como surgiu a expressão advogado do diabo?

Essa expressão tem a origem na Igreja Católica. Quando o processo de santificação tem início, o "advogado do diabo" é escolhido pelo Vaticano para investigar se os milagres atribuídos ao candidato são de facto verdadeiros.

Entre nós temos muitos e bons, não para investigar os milagres mas para mentir e fazer dessas mentiras as mais puras das verdades. Depois de usados, esses advogados são deitados fora e depois acabam a chorar de raiva quando verificam que foram comidos. Depois querem que os outros os considerem honestos. São piores que os primeiros, enquanto deu, venderam-se, venderam e foram uns oferecidos. Acordam para a realidade, os outros são tudo e eles são vítimas. Coitados. Continuam a acreditar na competência de quem todos sabemos ser incompetentes e dizem que cada vez estamos piores. Levem-nos ao colo, façam muitas horas aos fins-de-semana para os moinas da confraria. A gerência agradece no próximo Carnaval, com uma festa de máscaras.
publicado por portovoluntario às 09:55
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
Domingo, 24 de Janeiro de 2010

Quanto tempo dura um sonho?

Antes acreditava-se que os sonhos aconteciam em fracções de segundos, mas hoje sabemos que eles acontecem em tempo real na nossa mente, na mesma velocidade que imaginamos estar a vivê-los. Um sonho costuma durar de 10 a 40 minutos e relaciona-se sempre com nossos medos, preocupações, desejos ou coisas que estão para acontecer. Há pessoas que acreditam não sonhar, mas elas apenas não se recordam com o que sonharam. Para nos lembrarmos de um sonho, é preciso acordar no momento em que ele acontece.

Ora bolas, e eu a pensar que só tinha sonhos com coisas feias. Pensei mesmo em consultar um médico. Vou tentar acordar mais vezes para ver se há ou não uma boa realidade á volta. Era bom, lá isso era, a todos os níveis.
publicado por portovoluntario às 09:58
link do post | comentar | favorito
Sábado, 23 de Janeiro de 2010

Porque um barulho que escutamos quando estamos a dormir passa a fazer parte do sonho?

Inserir um ruído externo dentro de um sonho é um mecanismo utilizado pelo inconsciente para evitar que a pessoa acorde. Isso só acontece quando o som está numa uma determinada fase/altura: O ruído externo não pode não pode ser alto o suficiente para acordar quem dorme, nem tão baixo que passe despercebido.

Falavam em remorsos. Que dormem pouco, isto e mais aquilo. Afinal os ruídos da consciência é superior ao meio ambiente. Ainda me lembro da bela a dizer que o querido quando adormecia tapava a cabeça com qualquer coisa. Está explicado a oferta dos fones.
publicado por portovoluntario às 09:52
link do post | comentar | favorito
Sexta-feira, 22 de Janeiro de 2010

Por que sentimos sono após as refeições?

Aquela vontade de dormir após as refeições acontece porque nosso organismo sofre algumas alterações depois que comemos. Uma delas é o aumento das concentrações de glicose no sangue (glicemia), que leva a uma menor actividade de alerta. Temos um centro no sistema nervoso central responsável pela vontade de comer. Essa região fica localizada próxima ao centro que controla o estado de alerta. Assim, depois de consumir alimentos, o aumento da glicemia estimula o sono. Também podemos sentir sono depois de comer muito. Isso porque a informação de saciedade que é levada ao cérebro faz-nos perder o estado de alerta. Um terceiro motivo é que o organismo passa por ritmos biológicos que variam durante o dia. No meio do dia (ou hora do almoço) temos um declínio desses ritmos. A dica para não ter tanta vontade de dormir é diminuir o consumo de alimentos que promovam elevada concentração de glicose no sangue, como doces, e dar preferência a alimentos de baixo índice glicérico, pão integral, arroz, feijão e para quem goste, lentilhas.

Está mais uma vez explicada as sestas, as vontades de fazer naninhas a dois, onde o sofá, sempre pode solucionar e às vezes complica, porque faz doer o corpinho. Estranho é também certas vezes, acontecerem certas dores, em áreas tão diversas. Há pessoal que dorme que se farta, faz enormes sestas. São sempre os mesmos. Até mudam de local. Escolhem, com e muita e pouca luz. Não há nada como haver muitos espaços e poucos a saberem onde param as chaves. Ultimamente a chuva tem complicado um pouco. A vantagem única é que anoitece mais cedo.
publicado por portovoluntario às 09:53
link do post | comentar | favorito

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Março 2017

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4

5
6
7
8
9
10
11

12
13
14
15
16
17
18

19
20
21
22
23
24
25

26
27
28
29
30
31


.posts recentes

. SÓ ACONTECE AOS OUTROS - ...

. SÓ ACONTECE AOS OUTROS - ...

. SÓ ACONTECE AOS OUTROS - ...

. SÓ ACONTECE AOS OUTROS - ...

. UM ANO MAIS

. NÃO VAMOS LÁ

. Aniversário

. INCONFUNDÍVEL

. VIVO

. MÍSERIA

.arquivos

. Março 2017

. Fevereiro 2017

. Agosto 2016

. Fevereiro 2016

. Agosto 2015

. Fevereiro 2015

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

.tags

. todas as tags

blogs SAPO

.subscrever feeds