Sábado, 5 de Setembro de 2009

BONS VENTOS

O projecto teve de ser refeito. Espera aprovação. A candidatura aos fundos QREN está feita. O futuro do projecto do novo quartel, ou ao contrário, o projecto do novo futuro quartel previsto para a zona nobre oriental, encontra-se, a acreditar nos nossos conhecidos mentirosos, feito. Sabemos que está atrasado vários anos. Ainda me estou a lembrar daquela célebre excursão a Espanha para ver os túneis para fazermos muito melhor. O almoço nesse dia foi muito fixe, é o que comentam

A obra, aguardada pela corporação e que estava prevista começar já nem me lembro, ainda não arrancou por força de alterações à legislação e também a possibilidade de uma zona mais de intervenção porque não se corta a vegetação e com este tempo seco há sempre a possibilidade de acontecer um foguito.

As declarações sempre oportunas dão sempre esperança aos mais estúpidos, aos menos atentos, porque se o residente já não limpa nada, como se pode começar, sem a primeira pedra? O mandante para passar tempo vai dizendo que não se podem mudar as regras a meio do jogo. Pronto isto é mesmo assim, é um jogo sem regras. O que falta dizer é que agora tudo parece ter mudado incluindo as novas regras de financiamento e dimensionamento dos quartéis, que impediram o prosseguimento da sua concretização na fase muita avançada em que estava o nosso. Estes tipos do governo deviam estar aqui na nossa cãmara. Era muito mais fácil. Já estava feito. 
Com efeito, a nova lei estipula que os quartéis que provarem estar em mau estado de conservação, não é o nosso caso, podem usufruir de apoios do Governo na construção de um novo equipamento, cujo projecto deverá obedecer a determinadas regras.
A publicação da nova lei, deu-se início à concepção de um novo projecto, vindo a instituição a interagir com a Autoridade Nacional de Protecção Civil e com o Ministério da Administração Interna, para que cumpra todas as normas e possa ver garantido o financiamento. Neste momento nada sabemos. Um dia para surpresa nossa vai haver ordem para mudarmos imediatamente. A construção vai ser tão rápida que outras corporações vão pegar no nosso exemplo. Bons ventos sopram no sentido contrário e dos lados de espanha é um autêntico vendaval. A saga continua.

publicado por portovoluntario às 09:57
link | comentar | favorito

Nem sempre sardinha, nem sempre galinha

A paixão de dominar é a mais terrível de todas as enfermidades do espírito humano - Voltaire -.

publicado por portovoluntario às 09:06
link | comentar | favorito
Sexta-feira, 4 de Setembro de 2009

AI AI

Adivinha. Quem é que diz que quem manda devia fazê-lo a saber das coisas e não inventar, mas principalmente sair do computador e fazer alguma coisinha que se visse?

Quem adivinhar no próximo ano, se continuar a fazer parte do grupo, escolhe, ou fica de licença e recebe uma medalha no aniversário ou fica  no ELAC nos dias de chuva.

publicado por portovoluntario às 09:51
link | comentar | favorito

Mais vale cair em graça do que ser engraçado

Para mim pornografia mesmo é a crueldade do homem para com seu semelhante, a exploração do homem pelo homem e sair sempre vencedor quem é incompetente - Érico Veríssimo -.

publicado por portovoluntario às 09:17
link | comentar | favorito
Quinta-feira, 3 de Setembro de 2009

AI COITADA

Todos se lembram na emproada da bela onde quer que fosse. Nos serviços e fora deles, até quando íamos jogar a bola, ela impunha-se, obviamente pelos piores motivos.

Ninguém a segurava, apesar de chamarem furacão a outra figura, essa muito mais interessante, pelos interesses instalados. Mas falemos da bela. Como quem quer a coisa, desapareceu. Todos sabemos o que se passou. Isto de ser desejada tem os seus custos. Outras missões a esperam, lá mais para a frente. Ela, podia, isso sim, sem ser malcriada, comentar neste blog da mesma forma como o fazia logo na altura da queima das fitas. Coitadinha da bela. Como quem não quer a coisa, foi saneada, corrida, afastada, posta de lado! Que pena! Para mim a seguir vem humilhação.
Na voz dos nossos líderes impostos, ora, tão jeitosa quanto antipática e pretensiosa, deixou de deitar faladura. Aguardam-se novos desenvolvimentos, mas já o coelhinho anda a rondar para poder, quem sabe, fazer alguma coisita.
A bela nunca percebeu que quem dizia que ela era a melhor, a maior, blá, blá, blá, deixou-a convencer-se que tinha um lugar de destaque, fez o choradinho e lá foi. Isso é que foi mexer-se bem oh boneca.
Por incrível que possa parecer ambos os lados, não, os três   lamentam-se, a dizer que não percebem este afastamento. Era demais poucos galões para tanta gente. Por mim querem todos esconder o jogo. Pode o número ser maior e haver mais escondidos. A saga continua.
 
publicado por portovoluntario às 09:52
link | comentar | favorito

É dificil agradar a Gregos e Troianos

A pior desgraça depois de uma batalha perdida é uma batalha ganha - Wellington, o vencedor de Waterloo -

publicado por portovoluntario às 09:08
link | comentar | favorito
Quarta-feira, 2 de Setembro de 2009

CHICOTADA PSICOLÓGICA

Já falam num grande ecoponto nas nossas instalações, uma área de grande reciclagem para figuras, assim género camaliões. A observação é da rica a servir sandes. O mandado aos poucos fica à porta. O tempo podia voltar atrás aos pouquinhos para fazer coisas boas para a alma. Agora vai-se gastar mais uns cobres porque Leça não fica já ali. O já ali muitas vezes pode ser muito mais que Leça duas de cada vez. Vamos ver frequentemente saídas sem reservas. Eu pela minha parte já tenho disponível para quem quiser um kit contra a gripe H1N1, embora com as férias de alguns e o afastamento de outros se esteja mais à vontade.

Se os bombeiros estivessem arrumados assim género clubes de futebol, neste momento estávamos a jogar para garantir a permanência na quarta divisão. E depois nós os jogadores é que temos a culpa. Precisamos urgentemente de uma chicotada psicológica credível e não destas peças decorativas para continuar o lema quanto pior melhor para bem de todos nós, repetem os confrades.
Vergonhoso!
publicado por portovoluntario às 09:54
link | comentar | favorito

O dinheiro fala todas as línguas

Em ninho de tucano, nhambu não pia - Parêmia popular -.

publicado por portovoluntario às 09:05
link | comentar | favorito
Terça-feira, 1 de Setembro de 2009

SOMOS UNS PATOS PÁ

Não li mas agradeço ao rui17/hotmail.com o facto de me ter enviado a notícia publicada no semanário Grande Porto. Aqui fica reproduzida tal como a recebi. Obrigado.

 

 

Ninguém se entende nos Bombeiros Voluntários do Porto (BVP). Isto, apesar de a corporação, a segunda mais antiga do país, celebrar amanhã 134 anos de existência. Desde o início do ano, cerca de duas dezenas de bombeiros saíram em rota de colisão com a direcção e com o anterior comandante, Carlos Bessa, que deixou o comando para ser coordenador.
Contactados pelo GRANDE PORTO, alguns desses bombeiros criticam a existência “desnecessária” de um coordenador com salário numa “corporação que não tem dinheiro”. “Para que é preciso estar lá um coordenador a ganhar 900 euros se o quartel está pobre”?, questiona José Robalinho. Nos BVP há mais de 20 anos, diz que “várias viaturas estarão ainda sem seguro e inspecção”. A denúncia é desmentida pelo presidente da direcção da Real Associação dos BVP, Jaime Madureira. “Está tudo em dia. Muitos afastaram-se porque não querem cumprir regras. E quem faz as leis não sou eu”, diz. Admite ainda que a corporação luta, neste momento, para diminuir o passivo registado no último relatório e contas.
“Tinhamos um passsivo de 300 mil euros, 83 mil deles eram de divida à Segurança Social, sobre 17 funcionários”, explica. Em três anos, a direcção diminui o passivo para 150 mil.
Durante este mês, a Associação conseguiu ainda lavar a fachada do quartel na Rua Rodrigues Sampaio, fruto da boa vontade de algumas empresas. “A última direcção conseguiu depenar os bombeiros. Tinhamos inúmeras dívidas a fornecedores”, refere Jaime. O líder reforça ainda a responsabilização dos bombeiros. “Muitos não gostam do anterior comandante, Carlos Bessa, porque ele fazia cumprir as ordens. Ser bombeiro não é só ter direitos nos hospitais e não pagar propinas. É preciso aparecer nos serviços”, diz.
Mas as exigências não convencem os voluntários - com dezenas de anos na casa - que anteontem apareceram no quartel reclamando a passagem ao quadro de reserva. “As pessoas estão fartas. Deram muito à casa e agora são tratados desta forma por pessoas que só pensam em política. Ligue para lá e veja se têm ambulância”, desafia Robalinho. O novo comandante, Sub-chefe, José Carlos, assegura que existem 70 elementos, mas os bombeiros que estão afastados garantem que são muito menos. Dizem ainda que lhes foi negada a passagem ao quadro de reserva, tendo sido ameaçados com faltas e expulsão. “Eu quero esquecer os bombeiros”, disse ao GP, com mágoa, o chefe João Silva, que chegou a ser comandante antes de se afastar “para sempre”, assegura.
Depois de lida e analisada só posso dizer que alguém está a mentir. Não sabia que éramos a segunda mais antiga. Já ninguém se lembra do carro penhorado. Das viaturas paradas a cair de podres. Mas esta de termos sido depenados pela direcção anterior, é de considerar. Está visto que somos umas aves, patos, de certeza, para continuarmos a dar corpo ao manifesto. Se assim continuar ainda vamos vender colchões no salão, para continuarmos a oferecer aos outros aquilo que nos faz falta, apenas para parecer bem e abrir portas sabe-se lá para quê. Para os patos de certeza que não vai haver nada. O costume.  Fico contente por outro lado que à medida que o tempo vai passando baixamos em 50 mil euros/ano as dívidas. Alguém continua a mentir. E os carros com seguros em ordem? Pronto eu faço de conta que nem sei ler.

Regras, quais? Mas quem é que fazia cumprir as regras? È conhecida a situação no Codis. Já apareceram os inúmeros processos disciplinares feitos e fechados num dia apenas. Já alguém se esqueceu do processo da furacão. Feito por um, fechado por outro. E aqueles processos do agora mandado? Vão desaparecer também? Os últimos suspensos vão continuar como se nada se tivesse verificado. Alguém se lembra do detido, telefonista? E do outro que fracturou a perna. E das horas extraordinárias do mandante. E das horas a dormir no comando. Do guito da festival. E do peditório do grupo desportivo. E dos tarifas á porta nos dias de piquete? E as faltas aos serviços onde só alguns tinham processos. E aquela cena do adjunto que era incompetente quando só ele sabia fazer a relação das faltas. Como saiu ele dos bombeiros. Já sei, foi por cumprir regras. Regras é passar as horas no sofá, sem fazer nenhum, estar com o portátil a fazer o que lhe apetece e namorar, namorar muito, sempre nas melhores condições? Quem isto afirmava é agora o mandado, que está sempre de mau humor quando tem de fazer alguma coisa e não poder ele também namorar à socapa. Boas regras. Aguardemos. O pessoal está todo a sair, porque não suporta esta incompetência. Sabemos que o amigo do mandante diz sempre que querem o lugar dele. Ele dá-o. Já estou cansado de ouvir essa ladainha. Podia fazer mais e falar menos. Já agora uma sugestão, leve os amigos e deixe-nos com as dívidas. Com trabalho pagamo-las. Com estes, tarifas, parasitas e espécie de trabalhadores, ficamos a dever mais.

O mandante acusou alguns elementos de serem ratos. Alguém está a mentir. Os ratos são mamíferos não têm penas. Ele sim quando quer é as duas coisas, mas quase sempre um verme e nós, infelizmente é que temos de pagar.

publicado por portovoluntario às 09:54
link | comentar | ver comentários (2) | favorito

Lua nova trovejada, 30 dias é molhada

Os grandes só se parecem grandes porque estamos de joelhos - Proudhon -.

publicado por portovoluntario às 09:05
link | comentar | favorito

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Fevereiro 2020

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
10
11
12
13
14
15

16
17
18
20
22

23
24
25
26
27
28
29


.posts recentes

. MARGEM DE CÁ

. UM ANO MAIS

. CAPELINHAS

. MADONNA

. PIOR DO MESMO

. IGUAL, SÓ EM SONHOS

. PILI

. FELIZ NATAL

. PODIAM FAZER IGUAL

. SÓ ACONTECE AOS OUTROS - ...

.arquivos

. Fevereiro 2020

. Junho 2019

. Fevereiro 2019

. Dezembro 2018

. Março 2017

. Fevereiro 2017

. Agosto 2016

. Fevereiro 2016

. Agosto 2015

. Fevereiro 2015

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

.tags

. todas as tags

blogs SAPO

.subscrever feeds