Sábado, 21 de Novembro de 2009

VIGÉSIMA PRIMEIRA

Pergunta do dia: Há alguma reunião onde as resoluções não tenham sido aprovadas por unanimidade?

 
Só agora chegou ao conhecimento deste blog o conteúdo de um documento confidencial sobre recrutamento de novos elementos. De facto, todos estranhamos que ultimamente o quadro tem aumentado com elementos vindos de todos os lugares. Quando eles souberem no que se estão a meter, ou vão para onde vieram ou dão a vaga. Só se vão manter aqueles que querem, como sabemos, mais alguma coisa. O documento que falamos tem a ver com a nova metodologia de contratação de confrades e candidatos. Quem fez esta proposta chamou-lhe - MÉTODO DO TIJOLO -. Não se trata de elementos ligados à construção civil, nada disso, mas uma forma de escolher, segundo normas muito rígidas, implementadas pelo mandante e apaniguados em cursos à noite, sabe-se lá onde. Estão criadas as condições para uma nova fornada de ratos. Um mimo. Vejamos: O método do tijolo consiste….1º. colocar todos os interessados, no maior número possível, mesmo aqueles que vêem pouco ou não sabem ler, num espaço, género armazém, o maior possível, fechados; 2º - Arranjar 200 tijolos para cada um; 3º. Não dar qualquer tipo de orientação para o que fazer para ser seleccionado e de seguida trancar todos no mesmo espaço.
A prova demora cerca de seis horas com todos fechados. A porta sob nenhum pretexto pode-se abrir. Haja o que houver lá dentro, ninguém pode desistir. Como não há muito guito a não ser para umas sandes, embora alguns apresentem factura da alimentação e sejam reembolsados, depois deste tempo é servido uma água sem gás e uma sandes de queijo a cada um. Ninguém pode repetir. Nada mau. O método é influente. Se os serviços em catadupa aos fins-de-semana aumentarem muito, pode-se mudar o menu para uns rojões, uma entremeada ou até leitão. Já andam na porta alguns fornecedores, embora saibamos que são mais os que querem comer. E a nova metodologia continua. Após esta seca dos candidatos no espaço fechado, o mentor, e o seu staff, com t-shirts onde se pode ler, “sê um dos nossos” voltam ao espaço para verificar o que cada um fez. Segue a análise de resultados: - Os candidatos que contaram os tijolos são contratados para a contabilidade;
- Aqueles que contaram e em seguida recontaram os tijolos, são contratados para auditores;
- Os que espalharam os tijolos são contratados como técnicos de engenharia, ou mesmo engenheiros, se souberem fazer contas de somar;
- Aos que tiverem arrumado os tijolos de maneira muito estranha, difícil de entender, são colocados na área de Planeamento, Projectos e Implantação de Controlo de Produção;
- Os que estiveram a atirar tijolos uns contra outros são colocados na área de Operações;
Todos aqueles que estiveram a dormir são colocados na Segurança;
- Aqueles que picaram os tijolos em pedacinhos e estiverem a tentar montá-los novamente, devem ir directo para a sala de Tecnologia da Informação (modalidade para substituir o sofá);
- Os que estiveram sentados sem fazer nada ou em conversa fiada, são indicados para Recursos Humanos como muito influentes, podendo sair para a confeitaria as vezes que quiserem;
- Aos que disserem que fizeram de tudo para diminuir o stock mas a concorrência está desleal e será preciso pensar em maiores facilidades, são vendedores natos e têm o caminho aberto para novas conquistas, novos mercados a implementar, podendo avançar desde já para Angola (um serviço ao km dá logo a nossa independência financeira);  Ao que garantir um serviço para a África do Sul, tem um bilhete de borla para um jogo do Mundial.
- Os que já tivessem saído, antes deste diagnóstico, são, sem dúvida, ilustres administradores;
- Para os que estiverem a olhar pela janela com o olhar perdido no infinito, serão os responsáveis pelo Planeamento Estratégico para os próximos vinte anos;
- Aqueles que estiverem a conversar entre si com as mãos nos bolsos demonstrando que nem sequer tocaram nos tijolos e jamais fariam isso, são cumprimentados com muito respeito e colocados na Direcção;
- Aos que levantaram um muro e esconderam-se atrás, são os novos elementos do Departamento de Marketing;
- Todos os que afirmarem não estar a ver tijolo algum no armazém, são tipo juristas/advogados e de logo encaminhados para o Departamento Jurídico;
- Aqueles que reclamarem que os tijolos "estão uma porcaria, sem identificação, sem padronização e com medidas erradas", são colocados no Controlo de Qualidade;
- Os que começarem a chamar os demais de "companheiros ou camaradas" , são imediatamente eliminados antes que criem um sindicato.

A assinatura não se percebe muito bem. Quem desviou este documento confidencial jura que quem assina é o mandado, quando efectivamente tudo não passa de ordens do mandante. Admite-se que seja mesmo um carimbo.

Colega, com a descoberta deste documento, está justificado o arranjo das salas. Muitas outras vão ser precisas, por isso se fala num quartel novo. Ao lerem não acham nada de estranho neste documento? Acham? Li e reli e não encontro ninguém que trabalhe. Lá vai continuar a refilar o mais gordinho se for fazer umas cadeirinhas.

publicado por portovoluntario às 09:54
link | comentar | favorito
3 comentários:
De observador a 26 de Novembro de 2009 às 09:50
Isto não é um comentário, pode ser mais uma das perguntas. Será que os bombeiros de Verão, ELAC ; ECIN, etc.) que de Inverno ficam na Reserva, vão voltar no próximo Verão? Ou com sorte na Primavera como as Andorinhas? Isto é, se em vez de na Primavera nascerem notas de euro em vez de flores?! Outra: Quem é assalariado, sendo comandante ou não, pode fazer ELAC e ECIN, governando a vida à custa dos Bombeiros?


De aleixo a 26 de Novembro de 2009 às 18:34
Um novo elemento regressou. Já era esperado. Foi dos que alinhou numa greve quando o que agora manda, queria parar com tudo. Pararam e quem se lixou foram os que ninguém queria a fazer serviços. Um dia o serginho também vai voltar e botar a boca no trombone. Quem irá embora agora?
O gordo este ano não foi a campo de ourique? Quem foi? E ainda falam disto e daquilo. Estão a acbar com as memórias desta casa. O pili continua vivo.


De sou eu a 10 de Dezembro de 2009 às 18:57
Está desvendado o mistério. Não sabia como se faziam tantas aceitações. O método parece não ser novo, mas está provado que resulta. São tantos os elementos e são tão poucos os pensantes. Já sei, não querem ir para onde os mandam, levam com o tijolo. O comandante só gosta de andar aos recados e depois quer que o pessoal faça so fins de semana aquilo que eles durante a semana esbanjam. Ninguém nos acode para tirar esta corja e sabujos. Alguém chamou a alguém ratos. Estes são bem maiores, autênticos coelhos.


Comentar post

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Fevereiro 2020

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
10
11
12
13
14
15

16
17
18
20
22

23
24
25
26
27
28
29


.posts recentes

. MARGEM DE CÁ

. UM ANO MAIS

. CAPELINHAS

. MADONNA

. PIOR DO MESMO

. IGUAL, SÓ EM SONHOS

. PILI

. FELIZ NATAL

. PODIAM FAZER IGUAL

. SÓ ACONTECE AOS OUTROS - ...

.arquivos

. Fevereiro 2020

. Junho 2019

. Fevereiro 2019

. Dezembro 2018

. Março 2017

. Fevereiro 2017

. Agosto 2016

. Fevereiro 2016

. Agosto 2015

. Fevereiro 2015

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

.tags

. todas as tags

blogs SAPO

.subscrever feeds