Segunda-feira, 28 de Fevereiro de 2011

DIZER DIFERENTE (37)

Este Manual do Morcon (38) - Dicionário da Língua Romontica Portuense. Ediçon rebista e aumentada com nobos bocábulos e dezenas de locuções da ribeira e balorizada com uma lista de raízes do noroeste da península ibérica, da region compreendida entre a circunbalaçon e o rio douro, delimitada a poente pelo Oceano Atlântico mais o enclave da Afurada.

Nota do administrador: Há palavras estranhas, português vernáculo que vou tentar, sem alterar, separar as letras porque não quero ser apelidado de mal-educado.

Chubeirinho — Quando ela se engasga ou tosse após ter executado o prato

mais barato (ber prato).

 

Cobiça – o mosso antes de esfolado do bizinho.

 

Agora que tudo está clarificado, porque não mandar pela borda fora quem suga, qual vampiro, o trabalho desinteressado de todos. Sabemos que não vai ser feito. Não há chatices, está tudo na maior

publicado por portovoluntario às 10:03
link do post | comentar | favorito
|
Domingo, 27 de Fevereiro de 2011

DIZER DIFERENTE (36)

Este Manual do Morcon (37) - Dicionário da Língua Romontica Portuense. Ediçon rebista e aumentada com nobos bocábulos e dezenas de locuções da ribeira e balorizada com uma lista de raízes do noroeste da península ibérica, da region compreendida entre a circunbalaçon e o rio douro, delimitada a poente pelo Oceano Atlântico mais o enclave da Afurada.

Nota do administrador: Há palavras estranhas, português vernáculo que vou tentar, sem alterar, separar as letras porque não quero ser apelidado de mal-educado.

Cheio (Em) - O mesmo que: “Desta bez acertei, car_l_o!”

 

Chupaba-te todo – Frase de cariz romontico que significa: “Ficabas sem um

toston, meu grande filho da p_ _ _!”

 

Os tarifas andam preocupados. Não há gente que aguente tanto ciúme, tanta provocação e principalmente tanta irresponsabilidade e incompetência. Um deles até diz que “eu é que sei”. Todos nós sabemos a origem.

publicado por portovoluntario às 09:47
link do post | comentar | favorito
|
Sábado, 26 de Fevereiro de 2011

DIZER DIFERENTE (35)

Este Manual do Morcon (36) - Dicionário da Língua Romontica Portuense. Ediçon rebista e aumentada com nobos bocábulos e dezenas de locuções da ribeira e balorizada com uma lista de raízes do noroeste da península ibérica, da region compreendida entre a circunbalaçon e o rio douro, delimitada a poente pelo Oceano Atlântico mais o enclave da Afurada.

Nota do administrador: Há palavras estranhas, português vernáculo que vou tentar, sem alterar, separar as letras porque não quero ser apelidado de mal-educado.

Choca - A mulher ideal. Bê todas as telenovelas com a mãe e non gasta mais

de 300 paus em cada litro de perfume.

 

Chocho – Beijo enjoatibo.

 

As principais figuras da televisão estão a mudar de canal. Nós, temos nas nossas principais figuras, o azar de continuarem a permanecer entre nós, levando o deles, com prejuízo de todos. E tudo vai continuar na mesma.

publicado por portovoluntario às 09:52
link do post | comentar | favorito
|
Sexta-feira, 25 de Fevereiro de 2011

DIZER DIFERENTE (34)

Este Manual do Morcon (35) - Dicionário da Língua Romontica Portuense. Ediçon rebista e aumentada com nobos bocábulos e dezenas de locuções da ribeira e balorizada com uma lista de raízes do noroeste da península ibérica, da region compreendida entre a circunbalaçon e o rio douro, delimitada a poente pelo Oceano Atlântico mais o enclave da Afurada.

Nota do administrador: Há palavras estranhas, português vernáculo que vou tentar, sem alterar, separar as letras porque não quero ser apelidado de mal-educado.

Chantrona – Assistente de bordo em qualquer penson da rua do Almada, Vanharia ou

Bomjardim.

 

Chatos - Praga inbersamente proporcional ao preço da esfoladela do mosso.

 

O jantar de aniversário não aconteceu como se esperava. Ás vezes é bom ter catraios para não fazer o que outros já fizeram. É só deitar para a blusa.

publicado por portovoluntario às 10:11
link do post | comentar | favorito
|
Quinta-feira, 24 de Fevereiro de 2011

DIZER DIFERENTE (33)

Este Manual do Morcon (34) - Dicionário da Língua Romontica Portuense. Ediçon rebista e aumentada com nobos bocábulos e dezenas de locuções da ribeira e balorizada com uma lista de raízes do noroeste da península ibérica, da region compreendida entre a circunbalaçon e o rio douro, delimitada a poente pelo Oceano Atlântico mais o enclave da Afurada.

Nota do administrador: Há palavras estranhas, português vernáculo que vou tentar, sem alterar, separar as letras porque não quero ser apelidado de mal-educado.

Chafurdar - É quando a gaja está com muita lubrificaçon, começando a fazer

“choque choque”.

 

Chamada local – Broche (ber esta palabra).

 

Esta a chegar a hora de grandes mudanças com pessoal para dar o litro. Nós sabemos que depois de eleitos, fazem pior que antes. Os preços vão aumentar e vamos ficar na maior, só pecando por excesso de zelo de alguns, os melhores remunerados

publicado por portovoluntario às 10:21
link do post | comentar | favorito
|
Quarta-feira, 23 de Fevereiro de 2011

DIZER DIFERENTE (32)

Este Manual do Morcon (33) - Dicionário da Língua Romontica Portuense. Ediçon rebista e aumentada com nobos bocábulos e dezenas de locuções da ribeira e balorizada com uma lista de raízes do noroeste da península ibérica, da region compreendida entre a circunbalaçon e o rio douro, delimitada a poente pelo Oceano Atlântico mais o enclave da Afurada.

Nota do administrador: Há palavras estranhas, português vernáculo que vou tentar, sem alterar, separar as letras porque não quero ser apelidado de mal-educado.

Catraio - Garrafon de cinco litros que se transporta no carrinho do bebé, indo

este ao colo se for lebezinho. Se for pesado, leba-o a abó.

 

Cerbeja sem Álcool – É ir ao baile e passar a toda a dançar com a irmã.

 

Com tanta luz para pagar, já há quem tire medidas para instalar painéis solares sabe-se lá onde. Quem andou a tirar medidas vai-se alistar, é obrigatório. Está a fazer um favor e para receber, depois estuda-se o assunto.

publicado por portovoluntario às 10:05
link do post | comentar | favorito
|
Terça-feira, 22 de Fevereiro de 2011

DIZER DIFERENTE (31)

Este Manual do Morcon (32) - Dicionário da Língua Romontica Portuense. Ediçon rebista e aumentada com nobos bocábulos e dezenas de locuções da ribeira e balorizada com uma lista de raízes do noroeste da península ibérica, da region compreendida entre a circunbalaçon e o rio douro, delimitada a poente pelo Oceano Atlântico mais o enclave da Afurada.

Nota do administrador: Há palavras estranhas, português vernáculo que vou tentar, sem alterar, separar as letras porque não quero ser apelidado de mal-educado.

Catraf_d_-se – Non correu mal de todo!

 

Casa do Car_l_o - A penúltima estaçon do metro de superfície.

 

Se houver alguém que ajude a clarificar o seguinte: afinal quem manda? E comanda? Uma coisa é certa, todos levam e não é pouco e são felizes enganando alguns.

publicado por portovoluntario às 09:57
link do post | comentar | favorito
|
Segunda-feira, 21 de Fevereiro de 2011

DIZER DIFERENTE (30)

Este Manual do Morcon (31) - Dicionário da Língua Romontica Portuense. Ediçon rebista e aumentada com nobos bocábulos e dezenas de locuções da ribeira e balorizada com uma lista de raízes do noroeste da península ibérica, da region compreendida entre a circunbalaçon e o rio douro, delimitada a poente pelo Oceano Atlântico mais o enclave da Afurada.

Nota do administrador: Há palavras estranhas, português vernáculo que vou tentar, sem alterar, separar as letras porque não quero ser apelidado de mal-educado.

Caralhete - O mesmo que antecar_l_o ou meio car_l_o. Dá meias f_d_ _.

 

Car_l_o - O pai de nós todos assume nesta region um afecto carinhoso, como

por exemplo: “És linda como o car_l_o”. Utiliza-se por tudo e por nada, está

na boca de todos os locais e é utilizada como partícula de afirmaçon, tal

como no exemplo dado.

 

O grupo mesmo andando as turras mantêm-se unido desde que todos estejam bem com os papões. Um dia vai aparecer o papão mor sem fazer nada lá em cima e tudo volta ao que era antes.

publicado por portovoluntario às 10:26
link do post | comentar | favorito
|
Domingo, 20 de Fevereiro de 2011

DIZER DIFERENTE (29)

Este Manual do Morcon (30) - Dicionário da Língua Romontica Portuense. Ediçon rebista e aumentada com nobos bocábulos e dezenas de locuções da ribeira e balorizada com uma lista de raízes do noroeste da península ibérica, da region compreendida entre a circunbalaçon e o rio douro, delimitada a poente pelo Oceano Atlântico mais o enclave da Afurada.

Nota do administrador: Há palavras estranhas, português vernáculo que vou tentar, sem alterar, separar as letras porque não quero ser apelidado de mal-educado.

Carago - O mesmo que car_l_o, mas poupando-se as letras “LH” para aplicar

em “Fio da p_ _ a”.

 

Car_l_o mais belho – A última estaçon do metro de superfície.

 

Não há paciência. São poucos os eleitos a mandar guardar a conta e os alinhamentos um sucesso

publicado por portovoluntario às 10:42
link do post | comentar | favorito
|
Sábado, 19 de Fevereiro de 2011

DIZER DIFERENTE (28)

Este Manual do Morcon (29) - Dicionário da Língua Romontica Portuense. Ediçon rebista e aumentada com nobos bocábulos e dezenas de locuções da ribeira e balorizada com uma lista de raízes do noroeste da península ibérica, da region compreendida entre a circunbalaçon e o rio douro, delimitada a poente pelo Oceano Atlântico mais o enclave da Afurada.

Nota do administrador: Há palavras estranhas, português vernáculo que vou tentar, sem alterar, separar as letras porque não quero ser apelidado de mal-educado.

Canzana (À) - O mesmo que apanhar cabacos (ber esta palavra) mas com

uma mordidela no pescosso.

 

Capital da Cultura 2001 - Ebento cultural onde, para pendurar um quadro a

óleo na parede, são necessárias binte betoneiras de cimento.

 

- Esta planeada uma grande entrevista a um grupo dinamizador na área de mecânica. Vai tudo correr bem, já se sabe o desfecho. Tudo vai ficar na mesma, depois da primeira reparação.

publicado por portovoluntario às 10:30
link do post | comentar | favorito
|

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Março 2017

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4

5
6
7
8
9
10
11

12
13
14
15
16
17
18

19
20
21
22
23
24
25

26
27
28
29
30
31


.posts recentes

. SÓ ACONTECE AOS OUTROS - ...

. SÓ ACONTECE AOS OUTROS - ...

. SÓ ACONTECE AOS OUTROS - ...

. SÓ ACONTECE AOS OUTROS - ...

. UM ANO MAIS

. NÃO VAMOS LÁ

. Aniversário

. INCONFUNDÍVEL

. VIVO

. MÍSERIA

.arquivos

. Março 2017

. Fevereiro 2017

. Agosto 2016

. Fevereiro 2016

. Agosto 2015

. Fevereiro 2015

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

.tags

. todas as tags

blogs SAPO

.subscrever feeds